O nosso corpo…

0
835
views

Hoje vou escrever e questionar-vos acerca do vosso corpo.  Sim o vosso corpo. Esse instrumento que utilizamos para nos mover, trabalhar, e para fazer tudo aquilo que desejamos.

Quantos de vocês já reconheceram o vosso corpo hoje? E quantos já mimaram ou satisfizeram o vosso corpo?

Ok, tudo isto pode parecer um pouco estranho, mas vamos apenas sair um pouco desta realidade que nos foi imposta, e apenas imaginar que algo mais é possível…

Imaginem por uns instantes que o vosso corpo tem os seus próprios desejos e vontades, tais como a roupa que quer vestir, o que gosta de comer, o exercício que quer fazer, e por aí diante.Uma vez que estamos no mundo imaginário, vamos agora imaginar que isto que eu acabei de escrever é verdade, e que toda a nossa vida temos contrariado o nosso corpo em todos os seus pontos de vista. Como acham que ele se sentiria? Feliz ou aborrecido? Imaginem-se agora vocês (parte mental) a serem contrariados e ignorados uma vida inteira. Como se sentiriam?

Eu percebo em muitas pessoas que elas estão constantemente numa luta contra o seu bem mais valioso: o seu corpo! Têm ideias muito fixas sobre a forma que o seu corpo tem de ter, apresentar-se e mover-se, porém não lhe atribuem qualquer tipo de valor e reconhecimento.

Quantas vezes ingerimos ou fazemos algo do qual mais tarde percebemos e sentimosque não fomos assim tão amáveis com o nosso corpo? Quantas vezes ingeriu um alimento, apenas porque tem o ponto de vista que é mais saudável, mas não sentiu nenhum prazer e satisfação ao ingeri-lo? Por outro lado, alguma vez teve a sensação de comer um alimento e perceber que o seu corpo está nas nuvens com tanto prazer e satisfação?

Como seria a sua vida se tivesse total comunhão com o seu corpo? (sentiu a leveza no seu corpo?) Podemos dizer que isso é o seu corpo a comunicar consigo.Tudo o que nos faz sentir pesados é uma mentira para nós mesmos, e tudo o que nos faz sentir leve é verdade para nós e o nosso belo e deslumbrante corpo.

Para os que estão dispostos a iniciar uma nova aventura com o corpo vou propor-lhes algo.

Comecem por questionar tudo o que se relacione com o vosso corpo. Por exemplo: Corpo queres comer isto? Sim ou não? Percebam onde é mais leve e escolham isso, pois o que for mais leve para o vosso corpo é o que ele deseja. Comecem por praticar estas pequenas dicas, e quem sabe se não vão começar a sentir-se mais leves, nutridos e saudáveis.

Trate o seu corpo como se ele fosse o seu melhor amigo, reconheça as suas capacidades, e fique aberto à magia que poderá criar.

Eu tenho o ponto de vista que podemos escolher diferente do que temos feito e vivido até hoje. Como seria estar em sintonia com o seu corpo? Quanta felicidade e alegria poderia trazer a sua vida? (Fique na pergunta).

 

Márcio Dias

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here